segunda-feira, 30 de maio de 2016

O Deus inimaginável e o correr da vida

Por vezes firmamos uma compreensão de Deus, segundo o formato de nossas mentes, às imagens e experiências que temos.
Não nos é, entretanto, possível ter uma compreensão de Deus, pois o Criador está acima da compreensão das suas criaturas.
Por isto Jesus Cristo, a encarnação de Deus, do verbo. Para visualizarmos, tanto quanto possível o inimaginável.
Deus, no entanto, não se esquiva de nós, muito menos pretende que não o conheçamos.
Deseja, isto sim, que mergulhemos em seu labirinto de amor, através de um não conhecimento, na escuridão da fé, como bem nos lembra São João da Cruz.
Quer que cheguemos ao termo final deste encontro, que é a unidade perfeito nEle.
Isto exige uma varrição de muitos aspectos acessórios de nossa fé, muitas vezes maculada pelo dia a dia, e por fórmulas preparadas, como se Deus tivesse caminhos preconcebidos.
Como nos diz São Paulo, precisamos nos examinar interiormente, identificando o que impede a alma de estar em perfeita unidade com Deus.
Afinal, Deus não pode ter o protagonismo em nossa fé?
Ou continuaremos a inundá-lo de tantos acessórios desnecessários, manipulando-o, fazendo mesmo, por vezes, ter de entrar em nosso jogo, para nos comunicar caminhos...
A experiência da Renovação Carismática, as experiências no Espírito, ajudaram e ajudam muito o fiel de  hoje a dar os primeiros passos em busca desta união. Entretanto, a desvinculação deste movimento para com a realidade, torna o Espírito um agente parcial, que não responde a todas as situações.
A experiência pastoral é fundamental na espiritualização do homem pós contemporâneo, envolto em diversidades de toda ordem, precisando conviver com a diversidade e levar o evangelho a todos, sem distinção.
Assim, nosso tempo estabelece fronteiras nos movimentos da Igreja, onde o Espírito vais sendo limitado em seu alcance.
Necessitamos superar estes limites, através da ampliação da ação evangelizadora, retirando aspectos morais, como prerrequisitos da participação.

sábado, 28 de maio de 2016

FHC tenta negar golpe após fugir de debate em Nova York - Portal Vermelho

FHC tenta negar golpe após fugir de debate em Nova York - Portal Vermelho: Alvo de uma petição de 499 intelectuais e de um protesto em Nova York neste fim de semana, onde desistiu de participar de um debate acadêmico para evitar ser escrachado, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso divulgou, neste sábado, a carta em que tenta negar que a presidente Dilma Rousseff tenha sofrido um golpe.

Nicolelis: O Brasil está nas mãos de uma máfia - Portal Vermelho

Nicolelis: O Brasil está nas mãos de uma máfia - Portal Vermelho: O cientista mais importante do Brasil, Miguel Nicolelis, avalia, em entrevista exclusiva ao jornalista Alex Solnik, que o presidente interino Michel Temer é um fantoche nas mãos de dois grupos: 'a ala de gângsters que quer escapar da Lava Lato' e ainda 'o grupo que pretende destruir a soberania nacional'

"Estive doente e foste me visitar"

Hoje visitei os enfermos no HC. Vi um avô sendo cuidado pela neta, e tive uma alegria imensa. Também vi um filho jovem., aguardando o pai voltar da cirurgia. Conversei com outro tanto de enfermos. A enfermidade torna a pessoa vulnerável a Deus, o que não ocorre quando as pessoas estão sãs, pois o orgulho, e a autosuficiência impedem o Espírito Santo de morar nos seus corações. Fiz o mínimo que faço diante de Deus, diante de uma imensa falta de voluntários. Cura, Senhor estes teus pequeninos...

Com prova cabal do golpe, cresce aprovação de Dilma - Portal Vermelho

Com prova cabal do golpe, cresce aprovação de Dilma - Portal Vermelho: Apesar do toda a manipulação midiática contra a sua honra e seu mandato, a presidenta Dilma Rousseff recupera a sua aprovação popular que, desde que foi afastada já subiu 15 pontos percentuais, segundo o Ibope.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

terça-feira, 24 de maio de 2016

Temer diz que sabe governar porque já 'tratou com bandido' - Portal Vermelho

Temer diz que sabe governar porque já 'tratou com bandido' - Portal Vermelho: Em seu primeiro pronunciamento após a divulgação da conversa de seu ministro Romero Jucá que desnudou o golpe, o presidente interino Michel Temer disse durante a reunião com líderes de partidos da base golpista, nesta terça-feira (24), que é vítima de 'agressões psicológicas'. Ele salientou que seu 'governo será do diálogo' e que 'sabe o que fazer no governo' porque já 'tratou com bandido'.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Conversa de Romero Jucá revela: golpe foi pacto para barrar Lava Jato - Portal Vermelho

Conversa de Romero Jucá revela: golpe foi pacto para barrar Lava Jato - Portal Vermelho: O jornal Folha de São Paulo publica nesta segunda-feira (23) trechos de uma conversa telefônica entre Romero Jucá, ocupante do Ministério do Planejamento, e Sérgio Machado, ex-presidente da Petrobras, em que os dois, citados na operação Lava Jato, discutem sobre a necessidade de afastar a presidenta Dilma para por fim as investigações. Jucá chega a afirmar: “Tem que mudar o governo pra poder estancar essa sangria”.

sábado, 21 de maio de 2016

'Não reconhecemos este governo ilegítimo', diz atriz Marieta Severo - Portal Vermelho

'Não reconhecemos este governo ilegítimo', diz atriz Marieta Severo - Portal Vermelho: 'O que queremos é construir um país junto com a saúde, junto com a educação mas dentro de um governo legítimo. Nós não reconhecemos esse governo', disse a atriz, Marieta Severo, que também se juntou ao Ocupa MinC RJ, que luta contra a extinção do Ministério da Cultura e o governo ilegítimo de Michel Temer.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Temer vira alvo de críticas na Comissão de Direitos Humanos - Portal Vermelho

Temer vira alvo de críticas na Comissão de Direitos Humanos - Portal Vermelho: Representantes de entidades de direitos humanos criticaram as mudanças do governo do presidente da República interino, Michel Temer, durante audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, neste semana, para definir a pauta dos trabalhos do colegiado. Vários parlamentares e participantes do encontro criticaram o governo atual com palavras de ordem.