segunda-feira, 31 de maio de 2010

Padres que honram a batina

Almocei hoje com padre Fábio, pároco da Igreja N.S.Aparecida do monte Kemel, creio que é na Vila Sônia ou Morumbi? Jovem pernambucano que aprendemos a gostar, 28 anos, assume grande responsabilidade de dirigir uma comunidade na região.

Num momento em que a mídia acelera as críticas aos casos de pedofilia, é preciso lembrar que a maioria é abnegada e voltada para a ação missionária. Conversamos sobre isto e concluimos que é salutar depurar a Igreja destas pessoas que cometem grande pecado, pois são conhecedores do pecado e pecaram.

Lemos juntos uma passagem em Ezequiel, que lembra aquele que permanecer justo por toda a vida, mas que ao final, pecar, não será salvo, e, disse-me ele, "hoje todo mundo acha que será salvo. De Deus foi retirado o poder de julgar, estando todos salvos de antemão, quando não é o que lemos na palavra". Esta é a verdadeira idolatria, a que manipula Deus a favor dos erros. Característica de nosso tempo, não é mesmo?

Um país como os EUA dirigido por evangélicos pode invadir o Iraque, e ninguém faz uma correlação entre uma coisa e outra, mas a Igreja Católica e as cruzadas serão sempre lembradas, como os casos de pedofilia.

Afinal a Igreja está acostumada a ser saco de pancada..

Suspensa a greve dos metroviários


O sindicato dos metroviários aceitou a proposta da direção do Metrô em assembléia realizada à noite, e suspendeu a grave prevista para amanhã. Rotas alternativas e transporte solidário podem ser descartados.

Os metroviários pediam reajuste salarial de 5,81%, aumento real de 4,25%, reajuste de 6,18% para o vale alimentação e vale refeição e equiparação salarial.


A primeira proposta do Metrô de reajuste de 5,05% sobre os valores do salário, vale refeição e alimentação; e participação nos resultados (PR) com valor de no mínimo R$ 3.465 foi rejeitada pelos funcionários.

domingo, 30 de maio de 2010

Se quiserem participar...

ATENÇÃO AMANHÃ 31/05 PODE HAVER GREVE DOS METROVIÁRIOS

Metroviários mantêm greve para o dia 1º de junho


Sem avanços na proposta apresentada na última reunião de negociação, os metroviários de São Paulo, em assembleia realizada nesta quinta (27), anunciaram uma greve de 24 horas para o dia 1º de junho, caso a empresa não faça uma proposta que contemple as reivindicações da categoria. Haverá uma nova assembleia segunda-feira (31) para avaliar a campanha e organizar a possível paralisação.

Na assembleia do dia 25, ficou decidido que a categoria aguardaria uma nova proposta da empresa até esta quinta-feira (27). Porém, não houve formalização de nenhuma melhoria com relação à proposta feita pelo Metrô na última reunião de negociação, no dia 18.



Com isso, a assembleia desta quinta-feira (27) ratificou a decisão de realizar uma greve de 24 horas no dia 1º de junho, se a empresa não voltar na negociar e atender as reivindicações dos metroviários.



Reivindicações



Os metroviários reivindicam reajuste salarial de 5,81%; aumento real de 4,25%; e reajuste de 6,18% para o vale alimentação e vale refeição, de acordo com o ICV/ Dieese. Porém, a empresa ofereceu reajuste de 5,05%, conforme o IPC/Fipe, e zero de aumento real.



Além disso, a empresa não apresentou um plano de carreira, que é uma das mais importantes e antigas reivindicações da categoria, nem apresentou soluções para acabar com as diferenças entre os salários dos funcionários que exercem as mesmas funções.



Os metroviários também reivindicam o cumprimento do acordo coletivo e da legislação, que determinam jornada de trabalho máxima, diária. Hoje, no Metrô, há funcionários que cumprem jornadas que extrapolam o determinado pela lei e pelo acordo, sem contar com as horas extras, que são as responsáveis pelo funcionamento do sistema.



Com Sindicato dos Metroviários

SATANISMO NA CALIFÓRNIA

Califórnia: atentado sacrílego contra Nossa Senhora de Guadalupe


Oração para encontrara a paz e perdoar os autores do delito

MAYWOOD, EUA, domingo, 30 de maio de 2010 (ZENIT.org). - Foi convocada para a última sexta-feira, em toda a comunidade do Estado da Califórnia, uma oração coletiva para encontrar a paz e a força necessárias para perdoar os autores do ataque contra Nossa Senhora de Guadalupe, perpetrado na madrugada da segunda-feira, dia 24, na igreja de Santa Rosa de Lima.

"Ainda não sabemos se restauraremos a imagem da Virgem, que foi esfaqueada em várias partes do corpo e do rosto, ou se recomporemos o Cristo, que foi posto de cabeça para baixo, queimado e destruído a pancadas", disse o pároco da igreja, David Velázquez, sacerdote imigrante de origem mexicana, há mais de 15 anos radicado nos EUA.

Após o ataque às imagens da Virgem e de Cristo, a polícia de Maywood pediu a colaboração da comunidade local para prender os responsáveis, enquanto analisa as pistas e evidências da ação que parece ter sido um "ato satânico".

"Durante este processo, estamos analisando os vídeos de segurança e já coletamos várias evidências que poderão nos levar até os autores deste crime de ódio", assegurou o chefe de polícia de Maywood, Frank Hauptmann.

O incidente preocupou a arquidiocese de Los Angeles, que, ao ser informada, orientou o padre Velázquez a "reforçar a segurança e redobrar os cuidados".

A prefeitura de Maywood considerou o ataque um "ato de ódio" contra a comunidade latina "até que se prove o contrário".

"Nossa comunidade esta unida para condenar este ataque de ódio contra nosso santuário. E vamos fazer todo o possível para auxiliar a polícia na busca aos responsáveis", assegurou a prefeita da cidade, Ana Rosa Rizo, que recebeu manifestações de solidariedade de todo o país.

sábado, 29 de maio de 2010

O FRIO VAI ACABAR MATANDO GENTE DE RUA

Dizem que o leitos dos albergues diminuíram, mas basta uma caminhada pelo centro da cidade de São Paulo que vocês verão muita gente dorminho neste frio, com muito pouco agasalho.

Dormindo precariamente em papelões, recobertos de plásticos, nos cantos dos edifícios. As autoridades não estão agindo como deviam.

Andam durante o dia alguns funcionários da prefeitura, mas não se vê grandes resultados. É preciso que o prefeito veja esta situação, e vá pessoalmente ter um contato á noite como o povo da rua, que dorme ao relento neste tempo de frio.

Atenção, quem avisa alerta: pode haver gente morrendo de frio nas ruas. Depois não vão dizer que não sabiam

Padre não era padre

Quando estive na comunidade Santa Suzana que ajudei a formar no Portal do Morumbi, em muitas ocasiões vinha lá um padre, baixinho, bastante arretado, de Pernambuco, chamado padre Francisco. Fazia belas homilias nas missas dominicais, quando da ausência do nosso pároco.

Pois bem, este padre Francisco, não é padre. Foi descoberto que ele era um farsante. Está desaparecido. Quando estive com ele, este me dizia ter sido seminarista com dom Helder Câmara, contando várias histórias dele com Dom Helder.

Em outra ocasião, ele pediu uma ajuda para levantar dinheiro porque seu sobrinho havia ficado com uma dívida com traficantes e ele tinha que levantar uns R$2000,00 se não me engano para poder tirar o sobrinho das mãos do traficante, não sem antes quebrar os dedos das mãos do mesmo.

É pena que isto aconteça, mas com sinceridade, peço a Deus pelo "padre" Francisco. Ele era alegre e divertido. Enganou a todos, mas também prestou serviços várias vezes em nossa comunidade. Eta "padre" Francisco.

Violência na Pça da Sé

Estive sexta à noite na Pça da Sé, pela Pastoral do Povo de Rua, pela Aliança da Misericórdia, e assisti uma briga gerenalizada de crianças, jovens e adultos. Posso apostar que por trás desta briga está a droga. O candidato Serra está muito preocupado com o movimento do tráfico de cocaína vindo da Bolívia, segundo ele com a conivência do governo boliviano.

O tráfico colombiano não foi citado, provavelmente porque é de um governo aliado dos tucanos. Diz o ditado que macaco não costuma olhar para o próprio rabo. Será que se pode responsabilizar o governo de São Paulo pela cracolândia?.

Creio que é uma responsabillidade de vários setores. Fiquei na Igreja da Boa Morte, na rua do Carmo, e diante do Santíssimo intercedia pelo grupo em evangelização. Quando saí e entrei no vagão do Metrô para voltar para casa, percebi, tardiamente quanto Jesus na Hóstia Consagrada havia me transformado.

Percebi a redoma de proteção de graça que me mantinha acordado e alegre, ao lado de tantos cansados, eu que havia me levantado às 05:30 hs da manhã e à noite, voltava às 22:30 hs.

É, falta oração para pacificar o povo brasileiro. Muita oração pedindo a Deus pelo nosso país e pelo nosso povo.

domingo, 23 de maio de 2010

Místico...muito místico

Estive hospedado no alojamento do Solo Sagrado, da Igreja Messiânica, em Interlagos, a serviço, por dois dias, nesta semana que se findou. Trata-se de um local no meio de um enorme jardim, como eles querem que seja, isto é um paraíso terrestre.

Por uma questão de ganhar o tempo de transporte em trabalho, por lá pernoitei. O curioso foi o coral que ouvi nos dois dias em que lá fiquei, bonito e distante. Como a minha curiosidade era grande, ao final de minha hospedagem, perguntei do som, de onde vinha?

A resposta foi ainda mais interessante: não existe nenhum aparelho de som ambiente na hospedagem, e muito menos existe um coral no Solo. É um mistério que me faz concluir da seguinte forma, eu que sou católico praticante: Deus é imenso e derrama a sua graça em todo lugar onde a fé busca o amor, a paz, a justiça.

Deus também me faz ouvir, para quebrar cada vez mais meus paradigmas, característica do católico, e abrir-me em diálogo com todas as religiões, ciente de minhas convicções, mas aprendendo também com a diferença.

O futebol na contramão do Brasil

Impressionante, enquanto Lula vai ao Irã e negocia abertamente um acordo de enriquecimento de urânio para o mundo inteiro ver, o Sr. Dunga fecha o acesso do treino da seleção ao público curitibano. Vocês poderão objetar:

- Este cara é um louco, está misturando alhos com bugalhos.

Não creio.

Num modo de ver holístico, tudo tem relação entre si. Portanto é inconcebível assistir a incompetência disfarçar-se de treino secreto, para fugir das críticas.

Quem não deve não teme, que não é o caso, pois deve e teme. qual é o problema de  deixar o povo assistir este circo mundial. Agora o circo também está proibido?

Ô LULA, dá uma garibada no Dunga porque lembra a ditadura: só serve para alguns

O POVO DA RUA CONHECE A BÍBLIA MAIS QUE MUITA GENTE POR AÍ

É impressionante o conhecimento que o povo da rua tem da Bíblia. Aparecem, no meio deles, muitas pessoas para evangelizá-los, pensando que eles são desprovidos de graça por não terem se convertido. Pura ilusão. Se fizerem proselitismo e saírem sem trocar idéias com os mesmos, como alguns fazem manipulando comida com conversão, vão ficar falando sozinhos, pois este povo de rua não é ingênuo não, sabem de tudo, tem curiosidade grande, e questionam numa boa. Esta sexta conversei com um deles, o Luiz. Convidou-me para sentar no meio deles, sobre um papelão, recostado no muro de um Banco, na rua Boa Vista. Posso dizer que grande foi meu aprendizado, e também cortei o sete, como se diz, para refletir sobre a palavra de Deus.
Quero citar também uma visita que fiz ao Hospital das Clínicas, onde visitei uma jovem que perdera os dedos da mão direita em uma máquina, no seu trabalho, com risco de perder também a mão direita. Os médicos da ortopedia colaram a sua mão direita na barriga, para forçar o nascimento de pele na região da mão e evitar a amputação. Peço a Deus pela Daiane. Visitei també a Dona Aparecida, que quebrou a perna esquerda, por subir em uma cadeira para guardar os pratos, depois da refeição.

COQUETEL DO STEVE MAcCURRY SERÁ DIA 25 DAS 18 ÀS 23HS

EXPOR A REALIDADE MUNDIAL PELA FOTOGRAFIA CHEGA A SÃO PAULO


Recomendo aos frequentadores do meu Blog, que façam uma visita à exposição de Steve McCurry, "O desassossego da Cor". Muito sugestivo o tema, revela uma sensibilidade social planetária com os pequenos, as vítimas das guerras, os que não provocaram, os que sempre desejaram a paz, mas que alheio à suas vontades, se encontram no meio de conflitos de interesses das grandes corporações e grandes fanatismos, sofrendo por algo que não cometeam. É a primeira exposição de Steve em Sampa. Atenção para o coquetel, que será oferecedo pelo restaurante L`Entrecot de Paris.

sábado, 15 de maio de 2010

Quentinha a pesquisa Vox Populi para presidente

Dilma passa Serra pela primeira vez em pesquisa do Vox Populi


Pela primeira vez, a pré-candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, aparece à frente do pré-candidato do PSDB, José Serra, em pesquisa de intenção de votos feita pelo Instituto Vox Populi. A ex-ministra tem 37% das intenções de voto e o ex-governador de São Paulo, 34%. A margem de erro da pesquisa é de 2,2%, para mais ou para menos. A pesquisa foi encomendada pela Rádio e Televisão Bandeirantes Ltda.

A terceira colocada, Marina Silva (PV), tem a preferência de 7% dos eleitores. Os votos brancos e nulos somam 8% e 14% não responderam ou não souberam responder.



A petista também já ultrapassou o tucano em eventual segundo turno. A pesquisa revela que 40% dos eleitores preferem Dilma e 38% ficariam com Serra. Os votos nulos e brancos somariam 9%. Outros 13% de eleitores não responderam ou não souberam responder.



Lula garante votos



O apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva continua garantindo transferência de votos à pré-candidata do PT. Entre os eleitores entrevistados, 33% dizem que votariam com certeza no candidato apoiado pelo atual presidente. Outros 30% poderiam votar no candidato indicado por Lula, mas dependeria do nome escolhido. Somente 10% disseram que não votariam no candidato apoiado pelo mandatário e 24% não levariam a opinião do presidente em conta na hora de escolher o candidato.



Os dados mostram Marina Silva como a pré-candidata com maior nível de rejeição (21%), seguida de Serra (20%) e Dilma (15%). A pesquisa foi protocolada sob o número 11.266/2010. Foram entrevistados 2 mil eleitores em 117 municípios brasileiros de todas as regiões entre 8 e 13 de maio.



Disputa regional



A petista tem a preferência dos eleitores em quatro das cinco regiões brasileiras: Sudeste, Centro-Oeste, Norte e Nordeste. Já Serra, vence no Sul do país.



A maior diferença percentual a favor de Dilma é no Nordeste, onde o presidente Lula goza de enorme prestígio. A pré-candidata do PT tem 44% das intenções de voto, contra 29% de Serra. No Sudeste, a disputa é acirrada. A petista tem 35%, contra 34% do tucano. No Centro-Oeste, Dilma tem 33% das intenções de voto, contra 31% de Serra. No norte, Dilma lidera com 41%, contra 32% de Serra.



Já na Região Sul, o pré-candidato do PSDB lidera com grande vantagem. Serra tem 44% das intenções de voto, enquanto Dilma tem a preferência de 30% dos eleitores.



Confira a pesquisa completa na edição impressa do Estado de Minas deste domingo.



Vitória no primeiro turno



Diante do crescimento da ministra Dilma Rousseff nas pesquisas presidências, e da estagnada de José Serra, o diretor do Instituto Vox Populi, João Francisco Meira, acredita na possibilidade de a candidata petista vencer “a eleição já no primeiro turno”.



Meira analisa que nem Dilma nem Serra são carismáticos, mas o sistema petista tem alguns trunfos, como o avanço econômico no governo Lula.



Para construir uma boa campanha, o diretor do Vox Populi citou que o tempo de TV será decisivo, já que um arco maior de alianças possibilitará aumento no horário disponível.

PRÊMIO CULTURAL PARA O MST

Quem diria, não é só crítica que aparece. Até que enfim deixa-se mostrar o outro lado, que sempre escondem.
Projeto cultural do MST ganha prêmio em São Paulo


14/05/2010



Imagine um projeto no qual os livros, ao invés de ficarem mofando em prateleiras de uma biblioteca que pouca gente frequenta, circulam numa grande área rural dentro de caixotes de frutas e legumes.



Esse projeto — que existe desde 2005 no assentamento Mário Lago, onde vivem cerca de quatrocentas famílias do Movimento Sem Terra (MST) — ganhou um documentário e um prêmio do Conselho Regional de Biblioteconomia do Estado de São Paulo como o melhor trabalho acadêmico de 2010.



O documentário de 20 minutos foi dirigido pelo professor e cineasta Cid Machado.



"Leitura de Barraco: efeitos de leitura em uma biblioteca itinerante" garantiu a Adelino Alves, aluno formado pelo curso de Ciências da Informação e Documentação da USP, o "9º Prêmio Laura Russo". O trabalho teve orientação da professora Lucília Maria Souza Romão, criadora do "Leitura de Barraco".



"O prêmio deu uma repercussão muito grande para o nosso trabalho que também foi registrado num documentário que participou de vários festivais", afirma Lucília, professora de Linguística da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP de Ribeirão Preto.



Jornal “A Cidade”

Motoristas pobres são prejudicados com Inspeção Veicular Ambiental da Prefeitura de São Paulo

Os moradores da periferia de São Paulo, principalmente aqueles que possuem um carrinho antigo, que utilizam para seu serviço diário, ou para passeios próximos aos seus bairros, estão sendo agora prejudicados pelo programa de inspeção veicular ambiental da prefeitura. Querendo dar uma de "defensor do meio ambiente", quando a cidade encontra-se um lixo(veja-se o centro totalmente abandonado), vem o Kassaba agora querendo impedir os pequenos proprietários de veículos de circularem pelas periferias. Pior é que o projeto é autoria de um ex petista, se não me engano Eduardo Jorge, que no afã de ser ambientalista prejudica o pequeno. Isto sem falar o preço de R$56,00 a taxa para a inspeção. E se for reprovado, morre com mais R$56,00, Conheci um taxista que pagou três vezes até ter sua moto regulada corretamente, arcando com  R$168,00 aproximadamente. Agora a elitenão tem problema com isto, porque tem carro novo.  É demais, justificar a poluição nas costas do pequenino. Deus vê!

Motoristas pobres são prejudicados com Inspeção Veicular Ambiental da Prefeitura de São Paulo

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Êta vida besta

Campeonato mundial chegando, deputados decidindo estabelecer umas feriazinhas no período, "porque ninguém fará outra coisa no período senão ver campeonato". Repórteres fazendo comentários importantíssimos sobre as estratégias : 4-4-2 ?  4-3-3 ?  viram que o goleiro não faz parte da estratégia? Não é um absurdo? ter que ficar parado debaixo da trave, levar bolada toda hora, e não existir estrategicamente? Debate sobre comida, exercícios, etc, etc.
Fico a pensar,é este o mundo que desejamos? coabitar com a deseducação? É necessária dar uma chacoalhada  nesta ordem desordem. Dia de céu limpo e frio em Sampa. Enquanto caminho meus 10 km diários para tirar as pressões das inutilidades, presencio um jovem dançando na Boa Vista, outros gargalhando e uma expressão séria de um wightman, que vê nisto a usurpação de seu mármore empedernido. Sem comentário

terça-feira, 11 de maio de 2010

GOTA SERENA

Está em gestação o meu quarto livro de poemas. "Gota Serena" vem com muita reflexão sobre a vida. O lançamento será na Bienal do livro em agosto, no stand da Editora Scortecci, meu afilhado. O desenho abaixo é uma obra prima do meu amigo puro Marcelo Sanfer. deliciem

CHACINA DO POVO DE RUA

Tudo começou com um carro quebrado sob um viaduto, dirigido por uma mulher. Parece que uma bolsa desta mulher fora roubada, enquanto eles a ajudavam a fazer o carro fucionar. Não se sabe quem é esta mulher, nem se a chacina tem vinculação com este fato.

O resultado é que morreram 6 moradores das ruas, por motoqueiros que estacionaram durante à noite ao lado dos moradores e dispararam bala em cima de todos. Um sobreviveu para contar.

Não, não é Bagda, é São Paulo, não são os membros de nenhum Talibã, mas provavelmente de nossas classes médias urbanas, que tem ojeriza por gente maltratada, abandonada, como se sujassem o belo ambiente em que vivem.

Parece que caminhamos para uma época de justiça com as próprias mãos, sem a interferência burocrática da justiça brasileira, que a tudo convida com sua inércia.

DUNGA É RESISTENTE À NOVIDADE

Tradicionalista, formador de clube da Luluzinha, de matemática simples, sem sensibilidade, revanchista, unilateral, bem, as qualificações infelizmente são muitas. Colocam a inteligência média do brasileiro envergonhada por ver alguém em tal posição não possuir nenhuma flexibilidade.

Pior, com uma surdez atroz ao clamor do torcedor que vê as revelações novas que encantam a todos. Detalhe: sou capaz de dizer que Adriano vai afundar com esta desconvocação. Mas Sunga, o perfeito, o inatingível, o já campeão mundial, não deve considerar isto, porque a sua razão é forte, como ele mesmo diz.

Estupefatos, assistimos a uma tragédia anunciada: jogadores se auto protegendo no joguinho do clubinho, fingindo que está tudo bem, puxando um saco legal da comissão técnica, desta ditadura futebolística.

Ah Telê, preferia perder com a sua arte, do que ganhar com zumbis, a tua alegria de acreditar na raíz brasileira, do que a ortodoxia e um patriotismo desvinculado do povo(porque hoje ele apelou ao patriotismo, para nos obrigar a seguí-lo).

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Lei anti-fumo gera novos problemas

Após um ano de conquistas com a lei anti-fumo em Sampa, surgiu uma nova realidade e um novo problema. A nova realidade é que os fumantes foram obrigados a irem para as ruas fumar. O novo problema é que os não fumantes estão fumando por tabela nas ruas, porque aumentou significativamente o número de fumantes nas calçadas. está demais, são grupos de fumantes reunidos, com uma verdadeira chaminé saindo do entorno. Também encontramos o fumante que caminha à sua frente, desta forma você compartilha a fumaça pelo trajeto, não é incrível?

Proposta: Criar áreas de fumantes nas ruas, e proibir também os fumantes de fumarem em qualquer lugar da rua. Assim, os "sem lugar", que são obrigados a seguir pelas calçadas, tem também o diretio de verem preservados os seus pulmões

Somente a misericórdia divina pode salvar-nos

Sábado, visitando o Hospital das Clínicas, pois sou da pastoral da saúde e faço as visitas nos sábados à tarde, quando não me deixo levar pelas fraquezas, estive com uma paciente, dona Maria, que quebrou o osso da perna, porque estava com uma metástase, consequência de um câncer no seio não curado a tempo.

Pediu-me uma oração, que prontamente fiz, isto é, fizemos, entregando-nos inteiramente nas mãos de Deus. Fui realista com ela: Deus tanto pode curá-la como não, e nós não não somos donos de Deus para obrigá-lo a fazer algo por nossa própria ordem. Rezamos assim, imitando a Jesus no Horto das Oliveiras:

Senhor, se for de Tua vontade que a dona Maria se cure deste câncer, seja feita a Tua vontade. Se não for de Tua vontade que ela se cure, seja feita a Tua vontade. Colocamos a vida de dona Maria inteiramente em Tuas mãos. obrigado Senhor.

Quando a oração terminou, agradeceu ela com o coração cheio de esperança, ansiosa pela cura. Fico a meditar sobre a fé daquela mulher, tão forte, e sobre a vida nestes momentos, em como somos tão distantes das pessoas necessitadas.

Como nos esquivamos com facilidade, como colocamos tantas coisas na frente antes de ajudar o próximo, como somos insensíveis, cabeças duras e egoístas. Deus, que nos olha permanentemente, deve pensar:

"Mas que gente tão distraída da vida. Não sabem que daqui a pouco podem precisar também de ajuda de alguém? Não basta pensarem em Mim apenas na dor? Agora esquecem-se também dos irmãos".

Depois de comprar moto, motoboy é assassinado pela PM

Deplorável. Antigamente o nome era GORILAS. Depois da "Montanha dos gorilas", penso que somos injustos com estes pobres animais. Talvez,  Bestas? do Apocalípse?



Quatro policiais militares foram presos neste final de semana suspeitos de terem espancado até a morte o motoboy Alexandre Menezes dos Santos, 25, na madrugada de sábado. Eles foram autuados em flagrante acusados de "homicídio culposo" (sem intenção de matar) e estão detidos no Presídio Militar Romão Gomes.

Maria Aparecida Menezes enterrou o filho no dia das mães. "Eu tentava segurar a mão do policial e pedia pelo amor de Deus para que parasse. Eles diziam que meu filho era vagabundo, e eles podiam fazer o que quisessem porque eram policiais."

O crime aconteceu em frente à casa da vítima, em Cidade Ademar, zona sul. “Eles ficaram meia hora batendo nele e depois o enforcaram na minha frente”, diz a mãe, Maria Aparecida de Oliveira Menezes.

Segundo ela, tudo aconteceu porque o jovem resistiu à abordagem dos PMs, que desconfiaram de sua moto sem placa.

“Podiam ter prendido por desacato, mas não precisava matar. Ele comprou a moto com tanto sacrifício e iria emplacar na terça-feira”, disse a mãe, com a nota fiscal do veículo nas mãos. Ela recebeu a reportagem em sua casa na noite de sábado, enquanto aguardava a liberação do corpo do filho.

Tudo começou por volta das 3h, quando Maria ouviu barulho de sirene. Por ser a hora em que o filho costumava chegar do trabalho de entregador de pizza, se levantou. Antes de chegar à porta, escutou os gritos de Alexandre. Ao sair, o jovem já estava sendo espancado.

“Comecei a gritar que ele era meu filho, para não baterem nele. Mas eles falavam que eu parecia um canguru pulando e que, se eu não calasse a boca, eles iriam me prender. Não sei por que tinham tanta raiva.”

Segundo ela, foram cerca de 30 minutos de pontapés e socos no estômago. “Eu tentava segurar a mão do policial e pedia pelo amor de Deus para que parasse. Eles diziam que meu filho era vagabundo, e eles podiam fazer o que quisessem porque eram policiais.”

Só pararam quando Alexandre caiu, inerte. “Eu ainda tinha esperança de que tinham dado alguma injeção, mas depois vi o pescoço do meu filho mole, a baba escorrendo e a poça de sangue crescendo.”

Nesse momento, Maria conta que os policiais se desesperaram. “Eles batiam no rosto dele, tentavam reanimá-lo. Quando viram que não tinha jeito, jogaram-no dentro de um carro e foram embora.”

Sem saber para onde ir, Maria correu para o Distrito Policial. Lá, alguém disse que o filho tinha apenas quebrado uma perna e estava hospitalizado. “Cheguei a sorrir. Mas durou tão pouco. Quando cheguei ao hospital, ele já estava no IML.”

Enquanto o corpo de Alexandre era submetido à necropsia, Maria prestava depoimento. Atrás do vidro escuro, reconheceu três dos policiais que espancaram o filho. “Até ontem, meu sonho era ter um filho policial. Agora tenho medo deles.”

Em casa, Maria recebeu o atestado de óbito. As causas da morte: asfixia e traumatismo craniano. Alexandre deixou um filho de três anos e foi enterrado ontem. “Que tristeza. Enterrar um filho no Dia das Mães.”

Para comandante da PM, assassinatos são sinal de "polícia preparada"

No mês passado, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Álvaro Camilo (foto ao lado), escreveu carta de desculpas à mãe de outro motoboy. Eduardo Luiz dos Santos, 30, encontrado morto com traumatismo craniano e hemorragia em 10 de abril, três horas após ser abordado por PMs e levado a uma companhia da corporação na zona norte da capital.

O governador de São Paulo, Alberto Goldman (PSDB), autorizou o pagamento de indenização à família do motoboy.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo informou semana passada, o número de pessoas mortas em confronto com a Polícia Militar no primeiro trimestre de 2010 subiu 40% em comparação a igual período do ano passado (de 104 para 146).

O comandante-geral da PM afirmou que o crescimento da letalidade é sintoma do aumento dos confrontos entre bandidos mais armados e policiais bem preparados. "A tecnologia utilizada fez com que a pronta resposta seja melhor. A polícia está chegando mais quando o delito ainda está acontecendo", afirmou.

"O bandido, por sentir-se mais fortalecido, talvez por estar com uma arma mais diferenciada ou mais potente, enfrenta a polícia. Aí, encontra um policial bem preparado. Esse é o diferencial", afirmou Camilo. Aplicada ao contexto da morte dos dois motoboys, que estavam desarmados, as frases do comandante da PM parecem uma piada de mau gosto.

A impressionante escalada de violência da polícia paulista, ao lado dos índices crescentes de criminalidade, sintetizam o fracasso da política de segurança pública que os sucessivos governos do PSDB aplicaram em São Paulo nos mais de 15 anos em que estiveram no comando do estado.

Nos comentários à matéria publicados no blog do jornalista Luiz Nassif, um leitor que assina como Ebrantino Correa resume bem as omissões presentes no episódio. "E como é que o Sr. Governador Alberto Goldmann, de São Paulo não demite toda a cadeia de comando – -é o minmo a ser feito, e depois condenar o assassino por homicido doloso, e qualificado. Ficamos reclamando, com razão, da polícia de Londres (que assassinou o brasileiro Jean Charles de Menezes), e não fazemos nada no principal Estado da União".

Da redação, com informações da Folha de S. Paulo

sábado, 8 de maio de 2010

Morreu mais um da rua

Sexta-feira, visitando o povo de rua, para evangelizar e ser evangelizado, tive notícia da morte de um morador que visitávamos. Era formado em economia,mas viciado em droga, caiu na rua. Eram uma boa pessoa. Morreu de repente, as pessoas da rua acompanharam. Ficamos sabendo, já tinha sido enterrado. Não importa lembra-lhe o nome, importa lembrar de tantos que estão totalmente sem apoio, sem alternativas. Precisamos de governantes com espírito de solidariedade com os mais abandonados, porque aqui em São Paulo não tem acontecido nada.

VEXAME PÚBLICO

Tenho vergonha até de contar, mas vamos lá: estive de manhã no metrô da Sé tentado pegar um trem, mas no horário das 07:20 hs é praticamente impossível pegar o primeiro trem. Só lá pelo terceiro  consegue-se entrar. Para se ter uma idéia, é desligada a escada rolante porque senão ajunta gente demais na plataforma e acaba por jogar povo sobre os trilhos. Bem, estava eu aguardando, quando observei, próximo a mim uma moça grávida, encostada no corrimão de espera do trem. Sua expressão era de cansaço e aparentava uma expressão facial avermelhada. Fiquei sinceramente preocupado, mas que poderia fazer, nada.
Assim esperamos até conseguirmos entrar, ela na frente e eu atrás. Ela aconchegou-se no centro da vagão e eu fique junto a uma das portas, observando. Ninguém, repito, ninguém se dispôs a ceder o seu lugar para a moça. Vocês poderão me dizer:
-Mas João isto não é novidade nos dias de hoje.
Concordo, mas isto me irrita um bocado. Assim, na primeira oportunidade esperava que alguém lhe cedesse o lugar. Só mais tarde vagou um banco, mas rapidamente outra moça foi e sentou-se. Já sem paciência dirigi-me a pessoa citada e lhe disse, alto, pois estava distante e metade do vagão pôde ouvir:
- Será que você não poderia ceder o lugar para aquela moça grávida ali? A moça levantou-se rapidamente disposta a cader, quando a grávida respondeu-me:
- Eu não estou grávida! - com um sorriso amarelo.
Esta foi uma das maiores vergonhas que já passei em público. Pedi desculpas, ela aceitou, mas logo tentou buscar outro lugar onde não tivessem presenciado tal fato. Era uma mulher barriguda. Vá dormir com isso!!!

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Todos querem controlar

Não há uma área de atividade, que participemos que não esteja sob a ação de um projeto ideológico que intenta nos levar para a sua versão. As idéias idôneas são aquelas que estão de acôrdo com o que pensamos (se este pensamento for também idôneo, o que é bastante difícil).

A questão que vem à mente imediatamente é o que o precioso Senador José Sarney (desculpe o exemplo) denunciou: A EXISTÊNCIA DO QUARTO PODER - A MÍDIA.  A mídia está determinando subrepticiamente ou escancaradamente as suas posições pró Serra, contra Lula e Dilma. Outros bonzinhos também ficam posando de ovelhas , mas...veja só, os chamados doutores da alegria, são pagos, recebem dindin para ir lá trabalhar com os enfermos.

Bem, eu faço pastoral da saúde da Igreja há 12 aanos, sem nenhuma remuneração(nem era para ter, pois é voluntário), e nunca foi citada qualquer coisa sobre este trabalho. Mas é só fazer cara de palhaço, pronto são " o máximo". Procurem manter um ohar crítico e popular sobre tudo o que acontece para slavar suas opiniões das besteiras que estão por aí. Tenho dito

domingo, 2 de maio de 2010

Vale do Rio Doce torna-se amarga

Sim, agora a Noruega é dona do subsolo brasileiro. Pasmem, a maior reserva de bauxita do mundo está nas mãos de um outro país, a Noruega. E isto em pleno governo Lula. Oh Lula! tá na hora de você fazer alguma coisa, senão vão dizer que você foi igual ao FHC. Você não gosta do Chaves porque ele é estatizante, este é uma opinião, mas neste caso o nome não é estatização, mas salvaguardar o patrimônio nacional que está sendo dilapidado. Todo cidadão de bem saberá discernir alhos com bugalhos. Neste caso tenha coragem e ponha a ponta pés estas aves de rapina do território nacional.

Campanha generalizada da mídia para o candidato da oposição

Não apareceu em nenhum dos comícios de 1 de maio, e olha que ocorreram milhares no Brasil. Será aversão ao povo? Será medo de ser vaiado? Será que não concorda com este tipo de comemoração? Será que não foi convidado(dizem que foi)? Será que é contra esta categoria social chamada trabalhador? Será que não sabia, e disseram depois? Será que tinha algum compromisso mais importante? Será que tornou-se um evangélico(foi a um culto), para tirar votos da Marina? Será que ele achava que eram cartas marcadas e não teve como reverter a comemoração para o seu lado? Será covardia de enfrentar, como Covas fazia?

Só cantando comoChico Buarque: O que será que será, que ficam murmurando pelas alcovas...

A candidatura do governo? ah, esta "deu um golpe" nas estatais, para "financiar o 1 de  maio" com uma atividade "política". Dá ânsia de vômito de ver e ler.

Garfaram o Santo André

Pr'a variar sobrou para o pequeno perder o título, com um gol legítimo anulado pelo juíz. A desculpa é que foram expulsos três jogadores do Santos. É, mas uma vitória "roubada" tira o prazer da vitória. Esta mancha vão levar de memória. Os meninos da vila também têm ajuda "sobrenatural". Faz de conta que ninguém viu, tá?