domingo, 2 de outubro de 2016

REFLEXÕES SOBRE O SEU VOTO


Hoje é o dia da consciência, do examinar-se criticamente, identificando o alcance de sua humanidade. 
Momento que supera sua condição de classe, enxerga amplamente além da realidade particular,dos interesses, Além da sua família, mas a grande família, a comunidade, a cidade, o país, com o mesmo carinho, as mesmas preocupações e dúvidas. 
Não será um voto, um número, mas um destino social e político, império da compreensão e da ação

Dia único, da abdicação das individualidades,e dos prazeres circunscritos nas cobertas. 
Dia de Sol, de luz, de esperanças públicas generosas.. 
Dia de fim de confrontos, início de acertos nas despesas da grande casa e seus aposentos sociais, das grandes soluções de Estado. 
Dia de perceber quantos eus reverberam em nós, adernando de um lado ao outro, decidindo-nos por um.
Dia de pensar no menor, no mais fraco, nos sem direitos. 
Dia de absorver as mágoas gerais numa humanidade plena..
Que a cabine do voto não seja uma prisão, mas uma libertação,
que te encha na crença da vida sempre se renova, 
Somos especiais, espirituais, além classe, além grupos, 
Fazemos parte de uma imensa espécie que luta contra sua voracidade e poder sobre os demais. 
Que a escolha hoje seja livre e desimpedida, de ampla humanidade, liberta e feliz, escolha a favor, e não contra, escolha pela vida..