segunda-feira, 24 de março de 2014

Latinos dos EUA pedem ajuda ao papa contra as deportações

Francisco receberá o presidente Barack Obama no Vaticano nesta quinta-feira
Por Redacao
24 de Março de 2014 (Zenit.org) - Um grupo de imigrantes latino-americanos radicados há anos em Chicago chegou a Roma para preparar uma possível saudação ao papa Francisco durante a tradicional audiência das quartas-feiras. Eles pretendem pedir que o papa interceda em favor da reforma migratória discutida no Congresso norte-americano e pelo fim das deportações nos Estados Unidos.
O pe. Marco Mercado, delegado para a comunidade latina da arquidiocese de Chicago, explicou à agência EFE que, embora a participação do grupo na audiência esteja garantida, só na terça-feira será confirmado se eles poderão entrar na área preferencial da Praça de São Pedro, a mais próxima do Santo Padre, e se poderão cumprimentá-lo e conversar com ele.
Mercado afirmou que o grupo está confiante de entregar ao pontífice toda a informação necessária para que Francisco peça ao presidente Barak Obama a interrupção das deportações, que, sob seu governo, já superam dois milhões de pessoas. Em 27 de março, dia seguinte à audiência geral, o papa receberá o líder norte-americano no Vaticano.
O grupo de Chicago também pretende entregar ao Santo Padre duas mil assinaturas pedindo a reforma migratória, várias cartas da comunidade latina e desenhos feitos por crianças, bem como uma imagem de Nossa Senhora de Guadalupe que peregrinou pelos Estados Unidos.
A delegação de ativistas se dirigiu à Praça de São Pedro na manhã deste domingo com cartazes, para participar do ângelus.