sábado, 19 de maio de 2012

Nasa conta 4.700 asteroides potencialmente perigosos para a Terra


Retirei do IG

Lembrei-me dos filmes de destruição da Terra, americanos, que já assisti. Quem sabe não há aqui uma profecia tecnológica a ser assumida por todos os povos: proteger o planeta pelos perigos que vem de fora, uma vez que os perigos existentes internamente não são resolvidos.

Há 4.700 asteroides potencialmente perigosos para a Terra, segundo dados da sonda Wise que analisa o Cosmos com luz infravermelha, informou nesta quarta-feira (16) a Nasa (agência espacial americana).
A agência afirmou que as observações da Wise (em inglês, Wide-field Infrared Survey Explorer) permitiram a melhor avaliação da população dos asteroides potencialmente perigosos de nosso Sistema Solar.
Esses asteroides têm órbitas próximas à Terra e são suficientemente grandes para resistir à passagem pela atmosfera terrestre e causar danos se caírem no nosso planeta.
Os novos resultados foram recolhidos pelo projeto Neowise, que estudou, utilizando luz infravermelha, uma porção de 107 asteroides potencialmente perigosos próximos à Terra com a sonda Wise para fazer prognósticos sobre toda a população em seu conjunto.
Segundo a Nasa, há aproximadamente 4.700 deles --com uma margem de erro de mais ou menos 1.500--, que têm diâmetros maiores de cem metros.
Até o momento, calcula-se que entre 20% e 30% desses objetos foram localizados.
"Fizemos um bom começo na busca dos objetos que realmente representam um risco de impacto com a Terra", disse Lindley Johnson, responsável pelo Programa de Observação de Objetos Próximos à Terra, desenvolvido pela Nasa.
No entanto, disse, "temos de encontrar muitos e será necessário um grande esforço durante as próximas duas décadas para encontrar todos os que podem causar graves danos ou ser destino das missões espaciais no futuro".