sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Obama apoia ditadura de Moubarak, do Egito

Quer dizer que aquele discurso de defender as democracias e atacar o estado islâmico do Irã era tudo falso?

Agora vem o governo de Barak Obama defendendo o ditador do Egito Moubarak, contra a oposição que foi despertada pelas facilidades da internet, criada pela CIA para espionar o mundo.

Os levantes sociais, que começaram na Tunísia, e estão incendiando o Oriente médio, atingiu em cheio o Egito, e outras nações, mudando rapidamente o xadrês político da região e apontando para um confronto de grande escala para os próximos 5 anos, senão menos.

Neste novo quadro, islamismo se fortalece no oriente médio, onde o ocidente cristão,protegia ditadores.

O imperialismo é uma ave de rapina que não enxerga quem o apoia, desde que o apoie. 

Agora aquela conversa de democracia cai por terra, e Israel ficará ilhada.

O Brasil tem um papel fundamental neste processo de convivência mundial, se continuar com a política internacional aplicada durante o governo Lula, e infelizmente silenciada até aqui.