terça-feira, 4 de outubro de 2011

ZUMBIS CORPORATIVOS

 

 

Ato ocorre na terceira semana do movimento 'Ocupem a Wall Street'.Manifestantes criticam a 'ganância corporativa' na atual economia dos EUA.

Parece que a primavera árabe está se tornando a Primavera da Libertação do Capital, pois os estudantes e jovens em geral acamparam em Wall Street, e colocam os Bancos como os grandes vilões do mundo, os vampiros, os sangue-sugas.

E não saem de lá, para desespero da polícia, que assume progressivamente o seu papel repressor, e defensor dos grandes acionistas da Wall Street.

Alguns sindicatos dos EUA, especialmente dos metalúrgicos, estão se solidarizando e se colocando ao lado dos jovens.

Estão se preparando para acampar junto com os jovens.

A coisa tá pegando!

E agora Obama? Onde está a sua solidariedade? onde está o seu progressismo?

O gato comeu. Cadê o gato? Está com o banqueiro. Cadê o banqueiro? Fanaciando a guerra. Cadê a guerra? No Iraque, Líbia, Afeganistão,...

A guerra do Vietnã, que vitimou muitos jovens americanos, em defesa do grande capital, começou a acabar quando os jovens iniciaram movimentos de resistência aos alistamentos.

Estes alistamentos eram realizados de dentro das universidades.

Os estudantes, na época resistiram aos alistamentos e foram para as ruas.

Muitos americanos morreram no Vietnã, apesar dos filmes da guerra do Vietnã só matarem vietnamitas.
Hoje, quando se vêem produtos vietnamitas sendo comercializados nos EUA, muitos dos que perderam seus filhos na guerra se perguntam:

- Porque meu filho morreu lá?

Os banqueiros são os criadores iniciais da crise por que passa a Europa e os EUA, pois tudo começou com a chamada crise imobiliária.

 Esta crise hoje, deixa de ser imobiliária, e torna-se uma crise de Estado, que está se transformando numa crise social internacional, com os capitalistas do mundo  jogando nas costas dos povos, o pagamento das dívidas que eles mesmos provocaram.

Mas o socialismo não teria acabado? Não é isto que se propagandeia por aí, desde a queda da União Soviética?

Boa pergunta.

Parece que o pensamento socialista vai renascendo das cinzas.