quinta-feira, 17 de março de 2011

A sociedade "perfeita" não perdoa Adriano

É impressionante como as pessoas gostam maisde desacreditar alguem do que ter esperança em sua recuperação e em sua capacidade.

O retorno de Adriano, derrotado de sua experiência na Itália tem mostrado como os perfeitos jornalistas esportivos consideram os outros.

Não importa o que Adriano fez de bom, importa os seus erros.

Isto vai frontalmente contra às características de misericórdia e perdão que Deus espera de nós.

Que quantidade de gente de coração duro que diz somente os problemas (faltava, galinhava, não treinava, etc.)

E os gols que ele marcou, ninguem lembra?

Tem jornalista metido pr'a cacete por aí, viu?

São os perfeitos...sei.

Estão criando a sociedade recriminadora e não a sociedade da recuperação, do retorno à dignidade.

E se acham os tais....