sexta-feira, 29 de julho de 2011

Aqui é uma empresa privada, diz vigilante da linha amarela

Parabéns Dr. Geraldo Alkmin, a linha amarela do Metrô está amarelando.

É uma verdadeira porcaria.

O afã de privtização de tudo está fazendo o metrô de São Paulo ficar um lixo.

O trem muito bonitinho., portinhas que separam os passageiros da porta da composição, bancos com designe moderno, vagões que se interligam.  Que belo!

A coisa pega, ao descer na consolação, para pegar o metro da Paulista em direção ao Paraíso.

É uma caminhada imensa por corredores intermináveis, e lotados de pessoas.

Quando você pensa que os corredores terminaram aí surge uma esteira  móvel para facilitar a caminhada, porque criaram tudo muito, muito distante.

Só que a esteira tem a velocidade quase parando, tipo pré-histórica, com os transeuntes continuando a andar sobre a esteira móvel. É mole?

E outros optam pelo corredor sem esteira, porque é mais rápido.

Aqui Gerarda!

Vou me lembrar desta grande sacanagem privatista.

Porque não fazem então um concurso de caminhada, de corrida, de pedestrianismo, pois é melhor do que esta falta de inteligência que fizeram.

Burros!

Vocês são os "sem arquitetura" os "sem engenharia", os vendilhões do patrimônio público.

O metrô que deveria ser um transporte que facilitaria a vida dos passageiros, está se transformando num corredor subterrâneo de pedestres, entre trens que passam lotados.

Você nunca foi estuprado(a)?

Não se preocupe, tome qualquer trem do metrô, lá pelas 18 h ou mesmo às 7 h, e quando der por si, será tarde.

O empurra-empurra é tão grande que o deslocamento dentro do vagão é inevitável.

Mas o Geraldinho, o Doutor, vai de helicóptero, não é mesmo?

O pior é a falta de consideração com a população.

Na hora do voto, meu!!!

X