segunda-feira, 18 de julho de 2011

A palavra é reconvocação.

Apaga tudo!

Esqueçam o que o Mano Meneses falou nas últimas entrevistas.

Ele está delirando linfaticamente.

O homem que não se engasga com a água, quando o seu time marca um gol, que não vibra com o gol do seu time, até para enganar a nós, os idiotas que ainda pensam no verde-amarelo.

Um fenômeno novo está acontecendo: vi poucas pessoas chateadas.

A maioria estava indiferente àquela porcaria de jogadores metidos. Eu quero saber o nome da mãe do futuro filho ou filha do Neymar, desta pedófilia. Não entra numa casa de assistência social espírita, mas em nome de seu Jesus, engravida uma menor e esconde o seu nome, negociando o silêncio. O dinheiro faz tudo, não é mesmo?

A seleção não tem mais aquele charme de antigamente. É mais um nada que se suporta.

Não existe mais o Sena, nem o Pelé, ou o Ronaldo Fenômeno.

Cada vez mais as figuras de verdadeira expressão vão ficando para o passado, em nossa memória. Para o presente, é enriquecimento e o povo que se exploda.

Não sou corintiano, mas ver o gordinho jogar e marcar gol dava satisfação de ver. Este sim era o último dos moicanos, e não os que cortam tipo moicano

O Brasil que emerge no século XXI é uma bosta, de gente metida a ser o máximo e só querem o dindin.

Lixo é o que são.

Mano Meneses é um Linfático fazendo discurso de vitória, para explicar derrotas, destas porcarias que nos tiram os domingos dos parques.

Gilberto Gil quando fez o "Domingo no Parque" parecia um profeta que cantava o fim da paz deste povo trabalhador, sempre enrolado pelos corruptos, pelos enganadores inteligentes, pelos exploradores.

Este povão é a única coisa que resta para redimir o Brasil.
                                       RECONVOCAÇÃO


Vamos ter esperança, não na seleção brasileira(?), mas no povo brasileiro.

Recuso-me a cortar o cabelo como estes escrotos.

Até o Robinho teve vergonha da encenação folclórica. Ele que também não fez nada, mas depois aparece discursando contra o gramado. E fugiu dos penaltis também..

Mano faça um favor a todos: volte para ser técnico de algum time, e deixe a seleção fazer uma nova experiência.