quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Vietnã dá exemplo de liberdade de culto religioso.

Segundo o zenit, Vietnã sediará assembleia de bispos da Ásia


Cardeal Mân: “Estamos felizes por acolher a primeira reunião no Vietnã”

HO CHI MINH, terça-feira, 1º de fevereiro de 2011 (ZENIT.org) - O regime comunista do Vietnã acolherá a próxima assembleia dos episcopados da Ásia. O cardeal Jean Baptiste Pham Minh Mân, de Ho Chi Minh, a capital, exprimiu sua satisfação pela escolha do seu país para este encontro continental que se realiza a cada 4 anos.

"Líderes eclesiais de toda a Ásia decidiram realizar a 10ª Assembleia Plenária da Federação das Conferências Episcopais Asiáticas no nosso país", declarou o cardeal, em 26 de janeiro, à agência Ucanews.

O cardeal Mân informou que o comitê central da Federação das Conferências Episcopais Asiáticas (FABC) tomou a decisão duas semanas antes, durante uma reunião em Bangkok, à qual assistiram ele o e bispo Peter Nguyen Van Kham, vice-secretário geral da Conferência Episcopal do Vietnã.

A última assembleia plenária dos bispos asiáticos aconteceu em Manila (Filipinas), em 2009. A próxima está prevista para a terceira semana de novembro de 2012, no Centro Pastoral Arquidiocesano da cidade de Ho Chi Minh, explicou o cardeal vietnamita.

"Estamos felizes por acolher a primeira reunião no Vietnã, desde a criação da FABC, em 1970", sublinhou o cardeal Mân.

Ele disse que a Igreja no Vietnã espera receber a lista de participantes um ou dois meses antes da assembleia, para gestionar a aprovação governamental. Após receber a autorização, os participantes poderão solicitar seus vistos, explicou.

O cardeal Mân disse que espera que este evento incentive a solidariedade, a comunhão e a fraternidade entre as igrejas na Ásia.

A FABC é uma associação voluntária de conferências episcopais que tem como objetivo promover entre seus membros a solidariedade e a corresponsabilidade em favor do bem-estar da Igreja e da sociedade na Ásia.

A Assembleia plenária é o organismo supremo da Federação, que abrange 15 episcopados-membros: Bangladesh, Índia, Indonésia, Japão, Cazaquistão, Coreia, Laos-Camboja, Malásia-Singapura-Brunei, Mianmar, Paquistão, Filipinas, Sri Lanka, Taiwan, Tailândia e Vietnã.

Conta também com 10 membros associados: Hong Kong, Macau, Mongólia, Nepal, Quirguistão, Sibéria (Rússia), Tajiquistão, Turquemenistão, Uzbequistão e Timor Oriental.