terça-feira, 22 de outubro de 2013

Pêndulo

Ser pontual,
é ser Caxias;
atrasar-se,
frouxidão.

Criticar,
perfeccionismo;
calar-se,
submissão.

Irar,
mandonismo;
pacificar-se,
desilusão.

Casar,
convívio rotineiro;
separar-se,
mergulhar na solidão.

Aparência?
Superfície vulgar;
essência,
perfeição estranha.

Trabalhar,
ocupação externa;
folgar, 
desperdício interno

Correr,
fins impulsivos;
parar,
encontros sem fim.

Comer,
inchar-se;
jejuar,
esvaziar-se.

Falar,
exposição perigosa;
pensar,
introspecção segura.

Coito,
vida;
excreção,
morte.

Chega!
absurdo dicotômico;
Seguir?
desvio na redação.

Ser alguma coisa?
Importância enganosa;
Não ser nada,
ausência verdadeira.

Início?
coragem de lançar-se
Fim,
sabedoria de encerrar.

(Poema "Pêndulo", do livro "Gota Serena")