segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Traição nacional: Campo de libra agora nas mãos dos interesses internacionais

Parabéns, Presidenta Dilma. A senhora rasgou sua promessa de campanha, de defender o nosso ouro negro. Com esta atitude, a senhora se iguala a FHC. Porquê não muda de uma vez o nome da Petrobrás, para Petrobrax como sugeriu FHC?. É o que a senhora acaba de fazer. Traição aos interesses nacionais.
A composição é a seguinte: Petrobras, 40%(lembrano que 50% das ações da Petrobrás está nas mãos de estrangeiros - obra de FHC); Total (França), 20%; CNPC (China), 10%; Shell Brasil, 20%, CNOOC (China) 10%.
A Globo, em seu telejornalismo considerou muito positiva a participação da Shell e a Total na exploração argumentando que isto trará mais eficiência porque todos sabem cono funcionam as empresas estatais.
As manifestações de ruas não receberam a divulgação que estavam dando a outros movimentos. Traidores.