quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Bella Ciao! (raridade)



Enquanto surgem tantos "rebeldes" líbios que são muito machos, atrás dos jatos da OTAN, não custa nada lembrarmos dos verdadeiros guerrilheiros, que lutaram pela liberdade sem ter nehum canhão nas suas costas para lhes dar apoio.

Os exemplos são muitos. 

Derramaram o seu sangue pelos povos do mundo, pelos humildes, os destronados, famintos, esquecidos, explorados pelo capital que só sabe sugar e sugar.

Morreram trucidados, mas seus nomes continuam gravados em nossos corações.

Tive um grande amigo, Frei Giorgio Callegari, que amargou anos nos cárceres da Ditadura.

Ele ensinou-me o lado certo da vida, que é o lado do povo, do povão.

Ele gostava de cantar uma canção, para me ensinar a ser um lutador como ele foi.

A canção chamava-se "Bella Ciao".

É a canção da convocação dos guerrilheiros, no caso italiano, os partisans, para o recrutamento dos jovens que queriam lutar contra o fascismo.

Giorgio Callegari já se foi.

Um câncer no cérebro interrompeu a sua luta.

Ela continua, entretanto, em milhares de outras pessoas que continuam a levantar a grande bandeira da liberdade.