sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Você sabe quem foi o estudante EDISON TSUNG CHI HSUEH?





Mataram um estudante de medicina em Sampa e tudo ficou por isso mesmo.

Como O PÓ DAS ESTRADAS mete a boca no trombone, vale a pena vocês recordarem quem foram os acusados.

Aparece até ex-Ministro da Justiça.

Leiam denúncia de Hélio Toledo.

Caros amigos e amigas: Vocês se lembram do estudante de medicina que foi encontrado morto na piscina da USP, em 1999?


Ele foi afogado mecanicamente (isto significa que, mesmo não sabendo nadar,foi jogado várias vezes na piscina, até que não resistisse mais), num trote realizado na USP.


Então, vocês têm que saber que, até hoje, ninguém foi responsabilizado pela
morte do rapaz. E os acusados estão livres, leves, soltos, exercendo suas

profissões e gozando a vida.


Tomem nota do nome dos acusados:


1) Dr. FREDERICO CARLOS JANA NETO, não mais chamado pelos amigos de 'Ceará', para que ninguém se lembre dele pelo apelido, que ficou associado à tragédia de 1999. Formado pela USP, tem 28 anos e atende no Hospital das Clínicas de SP;

2) Dr. ARY DE AZEVEDO MARQUES NETO, tem 25 anos e na época, era aluno do 3° ano e presidente da associação atlética, e foi dele o grito de guerra para que os calouros fossem jogados na piscina (que possui de 2 a 4 metros de profundidade);

3) Dr. GUILHERME NOVITA GARCIA, especializado em ginecologia (cuidado mulheres!), também cursa cirurgia.Tem 29 anos e é apelidado de 'Campanha'. Admitiu ter feito brincadeiras para assustar os calouros e admite ainda ter jogado uma estudante na piscina naquele dia;

4)Dr. LUIS EDUARDO PASSARELLI TIRICO, titular do time de basquete da faculdade e considerado o 'mauricinho' da turma. Tem 24 anos, e, junto com FREDERICO E GUILHERME, foi denunciado.

Nãopodemos, também, esquecer do Sr. Dr. MÁRCIO THOMAZ BASTOS que virou- pasmem! - MINISTRO DA JUSTIÇA (que justiça?) do governo Lula (mais uma do Lula que nunca sabe de nada...), e que, 24 horas depois de assumir o cargo, pediu a SUSTAÇÃO DO PROCESSO. Isso porque ele era um dos advogados de defesa do Dr.LUIS EDUARDO PASSARELLI TIRICO.

Diz o ministro da justiça(?) de Lula que inexiste relação entre sua nomeação e o pedido de sustação do processo, mas,segundo a promotora responsável pelo caso, é no mínimo, uma coincidência muito estranha o fato de a ação ser interrompida um dia depois da nomeação de Márcio Thomaz Bastos, sabendo-se que ele defendia um dos acusados'.


Vê-se, portanto, que sem o prosseguimento da ação, até hoje o único culpado (???) foi a própria vítima, EDISON TSUNG CHI HSUEH, que pagou com a própria vida pelo esforço que fez para entrar no curso da USP.


Só pra refrescar mais um pouco a memória. O nosso Ministro da (in)Justiça

(infelizmente), MÁRCIO THOMAZ BASTOS, foi também advogado dos

delinqüentes que assassinaram o indio pataxó, a quem, igualmente, NADA aconteceu.


Enquanto essa figura funesta, o defensor-mor dos direitos humanos só para

os bandidos, posar e atuar como ministro, estamos todos ferrados.

Grato


Hélio C de Toledo Cesar


'De São Paulo para o Mundo'